chavesforum.blogspot.com

Bem Vindo!

"Bem Vindo ao chaves fórum e Divirta-se!!!!"

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Carlos villagrán, o KIKO, fará despedida no Brasil.

Carlos Villagrán, o interprete do personagem “Kiko”, do seriado Chaves, fará turnê de despedida no Brasil. Em 2013, o personagem “Kiko” completa 40 anos.


O ator fará apresentações por diversas cidades do Brasil. Essa será a última turnê que Villagrán fará, o ator disse que essa será a despedida do personagem nos palcos. Os shows terão a participações de Nelson Machado, o dublador clássico do “Kiko”.


Confira a agenda dos shows:


SÃO PAULO


Data: 14 de abril, às 20h
Local: Carioca Club – Rua Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros, São Paulo
Ingressos: Lote promocional – R$ 45,00 pista e R$ 90,00 mezanino (o mezanino dá direito a uma foto autografada de Carlos Villagrán)
Venda online: https://ticketbrasil.com.br/infantil/showdokiko-sp/
Pontos de venda:


Hole – Galeria do Rock
Av. São João, 439, 1º andar, loja 275 – São Paulo


Chilli Beans – Vila Leopoldina
Rua Carlos Weber, 654 – Vila Leopoldina – São Paulo


Metal Music
Rua Dona Elisa Fláquer, 184 – Centro – Santo André


Age of Dreams
Av. Marechal Deodoro, 1754 – 2º Andar, loja 33/36 – Centro – São Bernardo do Campo


Realização: 4FunFest


PORTO ALEGRE


Data: 20 de abril, às 20h.


Local: Bar Opinião – Rua José do Patrocínio, 834, Cidade Baixa, Porto Alegre


Programação:


18h: Abertura da Casa
19h: Chespiritos
20h: Show do Kiko


Ingressos: 1º Lote: R$ 60,00 – 2º lote: R$ 70,00 – 3º lote – R$ 80,00 – 4º lote – R$ 90,00
Venda online: http://minhaentrada.net/opiniao/eventos.php?c=2275
Pontos de venda:


E o Vídeo Levou – Rua Itaboraí, 550, Jardim Botânico, Porto Alegre (A PARTIR DE SEXTA, 08/03)


Lojas Multisom:


Porto Alegre – Andradas 1001, Barra Shopping Sul, Iguatemi, Shopping Total, Praia De Belas, Bourbon Wallig, Bourbon Ipiranga e Moinhos Shopping.


Multisom Canoas – Canoas Shopping – Av. Guilherme Schell, 6750 Loja 69/70


Multisom São Leopoldo – Rua Primeiro de Março, 821 Loja 204


Multisom Novo Hamburgo – Av. Nações Unidas, 2001 Loja 1002 e 1003


Realização: Major Produtora


Classificação: Livre (Até 14 anos a entrada é permitida somente com a presença dos pais ou responsáveis)


BELO HORIZONTE


Data: 21 de abril, às 16h


Local: Galopeira – Avenida Tereza Cristina, 179, Prado, Belo Horizonte


Ingressos: 1° Lote – R$ 40,00 Meia – R$ 80,00 Inteira
2° Lote – R$ 45,00 Meia – R$ 90,00 Inteira
3° Lote – R$ 50,00 Meia – R$ 100,00 Inteira
Mesa para 4 pessoas com direito à churros, refresco de tamarindo, sanduíche de presunto e pipoca: R$ 400,00


Venda online: https://www.centraldoseventos.com.br/comprar/show-kiko-carlos-villagran-21-de-abril
Pontos de venda: Central dos Eventos: Rua Fernandes Tourinho, 470, Loja 12 – Savassi
Lojas Pavilhão 3 (Shopping BH, Cidade e Minas) – A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA
Realização: THIAGO COMÉDIA

Classificação: Livre (Até 12 anos a entrada é permitida somente com a presença dos pais ou responsáveis)

Fonte.

sábado, 18 de maio de 2013

Sai chapolin!

Chapolin de volta ao SBT 2013

Como esperado, o seriado Chapolin saiu da grade do SBT. A notícia foi confirmada hoje (11/03/2013) no site do SBT, que não consta mais o seriado. Chapolin será substituído pelo seriado americano "Arnold".


Com apenas três semanas no ar, Chapolin deixa a grade da emissora de Sílvio Santos com a audiência variando entre 4 e 5 pontos. Antes, o seriado havia deixando a emissora no final de 2011, para dar lugar a série "Eu, a patroa e as Crianças".
 

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Quem é Chespirito?



















Escritor, publicitário, desenhista, compositor de músicas e letras de canções populares, ator, diretor, produtor e pai de 6 filhos. Chespirito é uma forma castelhanizada do vocábulo inglês Shakespeare. Tal apelido foi posto nele pelo diretor de cinema Agustín P. Delgado, que considerava Roberto Gómez Bolaños um pequeno Shakespeare (estatura de Bolaños: 1,60m).

Roberto Gómez Bolaños "Chespirito", nasceu em 21 de Fevereiro de 1929 na Cidade do México, D.F. Sua mãe foi Elsa Bolaños-Cacho Aguilar e seu pai foi Francisco Gómez Linares. Gómez Linares foi pintor, desenhista e ilustrador de diversos jornais na sua época. Fez, entre outras coisas, as capas das revistas "El universal ilustrado" e "Continental". Ilustrava com fortes traços ou desenhos à tinta as crônicas de Martín Luiz Guzmán. Gómez Liñares também foi o retratista mais cotado da década de 20.



Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" estudou engenharia, mas nunca exerceu. Assim como Borges ou De Quincey, Gómez Bolaños soube, antes de escrever, que havia nascido para Letras; e estaria à discussão a sua qualidade literária entre os intelectuais, mas milhões de pessoas durante quatro gerações se somam à minha voz para agradecer a Chespirito, que deixou a eletricidade e a mecânica de lado (ainda que também é algo criativo) para se dedicar a divertir milhões de pessoas. Assim então, Chespirito se iniciou como publicitário para a empresa publicitária D'Arcy, quando tinha 22 anos.

A partir da segunda metade da década de 50, a atividade de Gómez Bolaños como roteirista foi muito intensa. Foi bem escrevendo para rádios, programas de TV ou para cinema. Durante 10 anos alimentou com seus roteiros o programa semanal "Cómicos y canciones", que fez muito sucesso. Entre 1960 e 1965, dois programas disputavam o primeiro e segundo lugar da TV mexicana, e ele escrevia ambos. Eles eram: "Estudio de Pedro Vargas" e o já mencionado "Cómicos y canciones".

Em 1966, o ator Mario Moreno "Cantinflas" elegeu os roteiros de Gómez Bolaños para uma série que deveria se chamar "El estudio de Cantinflas". Porém, infelizmente, o patrocinador cancelou o projeto devido às altas pretensões do famoso comediante Cantinflas.



No final de 1968, Gomes Bolaños foi contratado pela emissora TIM com a feliz oferta de usar em sua programação um espaço de meia hora em cada sábado. Assim, nasceram séries como "Los supergenios de la mesa cuadrada" e "El ciudadano Gómez". Simultaneamente, nascia a carreira de ator para Chespirito.



Em 1970, a TV extendeu o tempo de transmissão para uma hora e o horário utilizado passou a ser às segundas-feiras, às 20:00. Então, a série passou a se chamar "Chespirito", onde se incluíam diferentes quadros, de tal sorte que vimos nascer nesse espaço o personagem Chapolin Colorado e um ano depois o Chaves do Oito. Ambos personagens tiveram tal aceitação, que a emissora decidiu dar-lhes características de seriado com um dia da semana para cada um, com meia hora de transmissão e em horário nobre.



O Chapolin Colorado e o Chaves abriram as portas do mercado internacional à TV mexicana. Em 1973, ambos os programas eram transmitidos para quase toda a América Latina, e em todos os países sua popularidade colacavam-nos em primeiro lugar na audiência. Por exemplo, em 1975, os níveis de audiência das séries de Chespirito no México oscilavam entre 55 e 60 pontos no ranking. A partir de 1984, o programa voltou a ter uma hora de duração às segundas-feiras, às 8 da noite, com o nome de "Chespirito". Nessa época, Chespirito já era um sucesso, e assim seguiu sendo. Por 25 anos sem parar, todas as segundas-feiras, às 20 horas, Chespirito estava em quase todos os lares mexicanos.

Atualmente, a série segue sendo transmitida em toda a América Latina e na Espanha, com seu áudio original, mas também é transmitida em diferentes dublagens em outros idiomas em mais de dez países: os programas de Chespirito pode ser vistos tanto no Brasil, como em Angola. Por isso, talvez, Homer, o personagem da série americana "Os Simpsons", inclui entre seus personagens favoritos o Chapolin Colorado.



Em 1978, Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" produziu, escreveu e atuou no filme "El Chanfle", o mesmo rompeu todos os recordes de bilheteria existentes até essa data no México.

Gómez Bolaños também escreveu roteiros para cinema e telenovelas, assim como uma comédia musical chamada "Títere". Tem, ainda, em seu arquivo teatral, mais seis obras.

Atualmente, Gómez Bolaños interpreta no teatro a obra de sua autoria "11 y 12". Tal obra é um recorde a mais ao seu ver, já que desde 1992, data em que foi estreada, permanece ainda em cartaz na Cidade do México no mesmo teatro. Sem interrupções, de quinta-feira a domingo, já há 6 anos, "11 y 12" é um sucesso.



Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" é o atual diretor geral de Televicine, companhia produtora de cinema da empresa Televisa.

É comum que um cantor de Rock encha um estádio de futebol, tal é o caso de Tina Turner, Sting, Madonna, etc; Mas não é comum que um comediante e seu grupo consigam o mesmo com um espetáculo teatral.

Em 1977, o "Show de Chespirito" lotou duas vezes no mesmo domingo o estádio de futebol de Santiago, no Chile, cuja capacidade é de 80.000 pessoas. Em Buenos Aires, Argentina, no Auditório Luna Park, com uma capacidade de 25.000 pessoas, Chespirito deu quatorze apresentações consecutivas com capacidade esgotada. Na cidade de Nova York, no Madison Square Garden, um espetáculo latino surpreende com 2 seções lotadas em um só domingo do ano de 1983: "El Show de Chespirito". "La quinta Vergara" obtém ótimo público somente no festival de canções de Viña del Mar, onde há muitos tipos de espetáculo. Em 1977, tiveram lotação esgotada novamente com o "Show de Chespirito"...



Calcula-se que em 43 anos escrevendo, Chespirito acumulou algo como 60.000 folhas (não conto o que um escritor apaga, tira, corrige e repete). Isso equivale a 2.400.000 linhas e aproximadamente, 168 milhões de letras.

Existem muitos recordes de Chespirito dignos de serem registrados, mas o mais valioso e maior de seus feitos é o ideal que todo o ser humano persegue e a meta que por muitos não é alcançada: Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" é um bom homem.
Fonte

terça-feira, 1 de novembro de 2011

O sucesso de chaves


1
   Brega, trash, cafona, ridículo, infantilóide... Podem chamar do que quiser o seriado mexicano Chaves. Nada disso abala o seu sucesso. Desde o começo dos 80, quando o SBT (Sistema Brega de Televisão) passou a exibi-lo em sua programação, Chaves tornou-se um personagem muito popular e cultuado pela primeira geração de brasileiros que cresceram cuidados por uma babá onipresente chamada televisão. Mesmo a criançada de hoje, lobotomizada pelos pokemons da vida e alfabetizada pelas 'iscolas' televisivas de Xuxas e Carlas Perez não perdem por nada do mundo um episódio do Chavinho reprisado incansavelmente pela trocentésima vez há quase 20 anos. De onde vem isso?
1
Como tudo começou?
    Para quem não sabe, esse fenômeno não ocorreu apenas no Brasil. Nos anos 70, Chaves e Chapolin foram criados por Roberto Gómez Bolaños, conhecido em seu país como Chespirito - apelido que quer dizer "pequeno Shakespeare", pela sua genialidade como roteirista e pela sua estatura de 1,60m - como quadros de um programa de comédia da televisão mexicana. Com o sucesso imediato, ganhou novos personagens, multiplicou a audiência, e tornou-se o primeiro 'enlatado' latino-americano globalizado da história, sendo exportado para mais de 40 países, chegando a incomodar campeões internacionais de audiência da época como "Feiticeira", "Jeanne é um gênio", "Perdidos no Espaço", "Os Waltons" e outros enlatados americanos.
    Em países como Peru, Chile e Venezuela, chegava a dar mais de 60 pontos no horário nobre. Em 1973 o programa de Chespirito era líder de audiência absoluto em quase todos os países da América Latina de língua espanhola. Parou de ser produzido somente em 1995, mas até hoje se mantém um programa muito assistido, mesmo com a grande maioria das emissoras reprisando episódios antigos (no Brasil, Chaves chegou a bater a "Anameba Brega" e seu "MenAs Você" alcançando 15 contra 9 pontos no Ibope, o que obrigou a Globo a dar umas férias forçadas para a mocréia e o Louro Mané e mudá-los para a parte da manhã).
    Tornou-se tão popular que chegou a ser homenageado pelo Mattew Groening com um personagem no seriado Os Simpsons: o Homem-Abelha Mexicano.
O que ele tem que os outros não têm?
    Há diversas explicações para o sucesso. Segundo o próprio autor, Chaves é um menino pobre, faminto, que mora num cortiço e que apesar de tudo, não perde o bom-humor e a vontade de se ser feliz. Portanto, em qualquer país onde houver crianças nessas condições, o sucesso será garantido, pois o público identifica facilmente o contexto do seriado com sua própria realidade social. Claro que conta também o fato de ser um programa que exibe um humor ingênuo, simplório e sem nenhum tipo de apelação.
    Já o êxito do Chapolin é mais interessante: Chespirito diz que o personagem é o autêntico super-herói latino-americano, fracote, atrapalhado e debochado que faz oposição aos Batmans e Super Homens, personagens inabaláveis e inimputáveis mas que nunca tiveram nada a ver com valores das crianças do hemisfério sul. Além disso, as grandes multinacionais culturais até então obrigavam as emissoras latinas a promover esses heróis que exaltavam as cores de suas bandeiras e o orgulho de ser desenvolvido, civilizado, "americano do norte". Chespirito chega até a alfinetar a virilidade desses heróis americanos, afirmando que ao contrário deles, uma das principais características do Chapolin é que ele gosta muito de mulher e sempre está paquerando descaradamente a mocinha do episódio.
    Eis a própria definição de Roberto Gómez Bolaños: "Cervantes escribió El Quijote como una crítica a las novelas de caballería y, salvando las distancias, yo hice el Chapulín como el antihéroe latinoamericano en repuesta a los Batmanes y Supermanes que nos invadían desde el norte." Mais do que isso, Chapolin é, salvo as proporções também, a própria encarnação do anti-herói auto estereotipado, o "Macunaíma mexicano" que carrega consigo de maneira debochada, preguiçosa e "sem caráter" o perfil do 'homem cordial' e o 'espírito aventureiro' do povo latino americano (quem estiver a fim de saber mais a respeito do assunto, leia Sérgio Buarque de Hollanda e suas "Raízes do Brasil").
Fora SBT: o motivo da revolta
    Diante de tudo isso, já fica mais fácil entender o porquê do fascínio e admiração de gente de todas as idades por esse programa. Desde a petizada geração 90 aos marmanjos que não se cansam de dar gargalhadas assistindo as mesmas piadas, passando pelo pessoal mais fanático e interneteiro que mantêm sites com um conteúdo inacreditável sobre a série, superiores ao próprio site oficial do Chespirito ou de fãs de outros países.
    Infelizmente, o que não dá para entender nem aceitar é o azar que tem o pessoal no Brasil em ser obrigado a assistir ao programa nas condições precárias e desrespeitosas que o SBesTeira o exibe. De uns anos pra cá, ele passou a mutilar os episódios com cortes mal feitos só para encaixar dois 2 seguidos em sua programação. Alguns episódios que passavam nos 80 nunca mais foram reprisados. De repente ele anunciou que ia estrear o "Clube do Chaves", programa semanal onde seriam exibidos episódios inéditos no país (produzidos dos anos 80 em diante) mas no dia da estréia, simplesmente não estreou e nunca se deu ao trabalho de dar uma explicação convincente para essa atitude. E a última grande palhaçada: desde o ano passado, na época do horário político, ele tirou o Chapolin do ar, com a promessa que voltaria depois. Terminadas as eleições, o SBT elimina o programa e coloca em seu lugar o deplorável "Um maluco no pedaço" do Will Smith com suas piadas mal traduzidas.
    Através da internet, muita gente fã da série se mobilizou a respeito do assunto, criando movimentos de protesto, correntes de e-mail, batendo de frente e soltando os cachorros contra o departamento de marketing e atendimento ao telespectador da emissora. Até agora o barulho das reclamações não tem sido suficiente para que eles se manquem e atendam os pedidos. Acredito que com uma melhor organização e, principalmente, tentando entender o problema mais a fundo, talvez possa se chegar a um resultado mais eficaz. Vamos então 'dissecar' algumas das hipóteses que levam o SBT a agir desastradamente dessa forma:
O que é a emissora SBT?
    Em primeiro lugar, o SBT é uma emissora cujo fator-chave de sucesso é uma ampla variedade de pacotes comprados e programas de produção própria diferenciados em relação aos concorrentes, toda voltada para um alvo vagamente compreendido: a maior audiência das classes C, D e E. Digo isso porque é fato que seus carros-chefes estão programas 'panis et circensis' para o povão (Ratinho, Domingo Legal, Sabadões e congêneres) que possuem como foco não a preocupação em oferecer um conteúdo de qualidade mas apenas altos índices de audiência. Além disso, ele não tem interesse em manter em sua grade programas de valor percebido que atinjam classes A e B, mais 'sofisticadas' e de maior nível cultural. Portanto não conhecem o perfil desse público.
    O maior exemplo disso é o fato do SBT há anos ter abolido programas de notícias e informação na sua grade principal, deixando aquele tal 'SBT Notícias' para as moscas assistirem de madrugada ou ter lançando agora de maneira desastrada (e aparentemente sem um planejamento sólido) programas de gosto duvidoso como a sessão de filmes "Cine Belas Artes", que tenta vendê-lo como um espaço de exibição de filmes de arte com produções de Hollywood (como se o público que realmente assiste filmes de arte fosse fã de produções comerciais ditas inteligentes só porque o SBT anunciou assim).
    Bom, o que ocorre então com o Chaves velho de guerra neste contexto? No jargão do marketing, o Chaves, visto como um produto, seria considerado a 'Vaca Leiteira' do SBT. O que significa isso? Ele é um programa que está há muito tempo no ar (no mercado) e possui uma alta participação relativa no mesmo (líder de audiência no seu horário). Não necessita de grandes investimentos para se manter (o último gasto que o SBT teve com ele foi há dez anos, quando comprou a última leva de episódios que são exibidos atualmente). E a característica que mais interessa ao SBT, mas não a nós, telespectadores (consumidores): ele gera um fluxo de caixa positivo (dinheiro com as cotas de patrocínio nos comerciais) e esse lucro o SBT o utiliza para investir em outros programas, saldar suas dívidas, ou até mesmo fazer o tio $ilvio mais rico e gastar com livros de auto-ajuda, perucas e tubos de Grecin 2000. A emissora só terá interesse em acabar com programa a partir do momento em que ele deixar de ser 'Vaca Leiteira' e passar a ser um outro jargão: Abacaxi. O que é ser um produto 'Abacaxi'? Neste caso, é ser um programa com audiência baixa ou decrescendo, necessitando de investimento para tentar salvá-lo e que por tudo isso só dá prejuízo. Portanto, considerando que Chaves é ainda uma vaca leiteira, podem todos ficar sossegados que o SBT não vai fazer a burrada estratégica/financeira de tirar em hipótese alguma Chaves do ar. Até mesmo lembro de ter lido no jornal um comentário de um dos diretores do SBT dizendo que a intenção deles é continuar passando Chaves "pelo menos por mais 100 anos!".
Por que o SBT não dá a mínima para as reclamações?
    Se a situação é esta, por que cargas d'água o SBT não passa mais episódios antigos? Por que ele tira sem mais explicações o Chapolin do ar? Por que ele trata de forma tão desrespeitosa essa audiência que contribui para que o SBT seja líder no horário em que passa o programa?
    Pelo que percebi até agora, o problema está na estrutura e na falta do planejamento do SBT em identificar e conhecer a sua audiência e não saber tirar oportunidades de um possível relacionamento (no caso, saber ouvir reclamações, investir em pesquisas de opinião, contratar marketeiros que não sejam incompetentes, etc). O SBT ainda trata o seu público consumidor (a audiência) como se todos tivessem um único perfil: o povão alienado que representa a audiência de Gugus, Sertanejos & Cia, que não sabe ler e escrever direito, não lê jornal, não tem uma opinião formada e senso de crítica para saber o que é bom ou não para ele (por não ter acesso à educação) e que portanto - o mais importante - não sabe reclamar ou reivindicar seus direitos. O planejamento do mix de makerting (perdão pelo termo técnico, mas é o único jeito de explicar!) tendo como foco esse público-alvo é perfeito e funciona bem para o SBT, já que grande parcela dos anunciantes da emissora está satisfeita com o alcance e o retorno.
    E no meio dessa sujeirada e planejamento estratégico mal feito do SBT está o público diferenciado, usuário de internet, frequentadores de sites como este e classes A e B. A grande maioria estuda e tem acesso à todo tipo de informação. A maioria fala ou estuda inglês. Tem uma opinião formada sobre tudo e sabe reclamar se algo não lhe agrada. Entretanto, para a emissora, esse público é visto como um 0,0alguma coisa% no bolo da audiência que representa esses 15 a 20% de audiência que o Chaves detém. Em termos de $$, na realidade ele não vale quase nada para o Sílvio Chato.
    E é justamente aí que o SBT está metendo os pés pelas mãos. Ao tratá-lo como lixo por não retornar reclamações como os e-mails enviados para aqueles inúteis do marketing@sbt.com.br , eles não se dão conta que esse público, por ser um segmento da audiência ultra super diferenciado, podem estar queimando muito a sua imagem perante a audiência total e demais concorrentes. Esse público sabe alardear, pode enviar e-mails reclamando para deus e o mundo, jornais, revistas, suplementos de TV, canais concorrentes, reivindicando suas imposições e declarando guerra a esse mau tratamento do SBT. Enfim, ele pode (e deve!) botar a boca no trombone.
Conclusão
    Bom, esta é a situação: O SBT ou é muito burro e incompetente ou gosta de dar tiro no pé para não dar uma revitalizada na sua 'vaca leiteira' e não aproveitar as inúmeras oportunidades que o programa "Chaves" e "Chapolin" ainda podem lhe render. Entendendo isso, fica mais claro determinar os objetivos de futuras campanhas e movimentos anti-SBT, não apenas para esses programas mas também para o resto da sua programação de gosto duvidoso. E sigam-me os bons!

sábado, 24 de setembro de 2011

A dublagem do Chaveschaves
 
A dublagem nunca foi valorizada no Brasil, os dubladores permaneceram sempre no anonimato, porém o meio CH junto ao Fã-Clube Chespirito Brasil com os seus eventos revelou aos fãs a identidade das vozes dos seriados que amamos.

Há uma grande controvérsia sobre quando foram dublados os episódios, mas o mais provável é que ela tenha sido feita por lotes, começando em 83/84, continuando em 88, 90 e 92.

No começo era gravada nos estúdios da TVS, e a versão MAGA se refere ao "elenco" e direção por Marcelo Gastaldi e seus companheiros, como por exemplo Mário Lúcio de Freitas que ficou responsável pelas BGM's, Osmiro Campos e Nelson Machado que ajudaram na direção das dublagens da "fase clássica". Nos últimos anos as dublagens eram feitas nos estúdios Marshmallow.

Hoje em dia alguns se sentem injustiçados por não ganharem os diretos sobre o DVD da Imagem Filmes, atualmente todos eles, com exceção dos falecidos Gastaldi e Mário Villela dublaram alguns Box de DVD's do Chaves que foram lançados pela Amazonas Filmes.

Dubladores das séries clássicas:
Marcelo Gastaldi

 
Dublador: Marcelo Gastaldi
Ator
: Roberto Gómez Bolãnos (Chaves)
Programas:
Chaves e Chapolin.

Nelson Machado

Dublador:
Nelson Machado Filho
Ator
: Carlos Villagran (Quico)
Programas:
Chaves, Chapolin e Box CH.

Carlos Seidl

Dublador:
Carlos Seidl
Ator
: Ramon Valdez (Seu Madruga)
Programas:
Chaves, Chapolin, Box CH e Desenho.
Clique aqui para saber mais sobre esse dublador


Helena Samara

Dubladora:
Helena Samara
Atriz
: Angelines Fernandes (Dona Clotilde)
Programas:
Chaves, Chapolin, Clube do Chaves, Box CH e Desenho.

Sandra Mara Azevedo

Dubladora:
Sandra Mara Azevedo
Atriz
: Maria Antonieta de las Nieves (Chiquinha, 1° versão)
Programas:
Chaves, Chapolin e Chespirito (CNT)

Cecília Lemes

Dubladora:
Cecília Lemes
Atriz
: Maria Antonieta de las Nieves (Chiquinha, 2° versão) e Ana Lílian de La Macorra (Paty).
Programas:
Chaves, Chapolin, Clube do Chaves e Box CH.

Mário Villela

Dublador: Mário Villela
Ator
: Edgar Vivar (Seu Barriga)
Programas:
Chaves e Chapolin.

Osmiro Campos

Dublador:
Osmiro Campos
Ator
: Ruben Aguirre (Professor Jirafales, 2° Versão)
Programas:
Chaves, Chapolin, Clube do Chaves, Box CH e Desenho.

Marta Volpiani

Dubladora:
Marta Volpiani
Atriz
: Florinda Meza Garcia (Dona Florinda)
Programas:
TODOS.

Older Cazarré

Dublador:
Older Cazarré
Ator
: Raul Padilla (Jaiminho)
Programas:
Chaves e Chapolin.
Élcio Sodré

Dublador:
Élcio Sodré
Ator: Horácio Gómez Bolaños (Godinez)
Programas: Chaves e Chapolin.

Outros trabalhos:
. Shiryu (Cavaleiros do Zodíaco - Gota Mágica/Álamo)
. Saiyd Jarrah (Naveen Andrews) (Lost)
. Gael Ortega (24 Horas)
. Pedro Coral Tavera (Pedro, O Escamoso)
. Robert Picardo (Sr. Diperna) (Anos Incríveis)
. Stue Pickles (primeira voz) (Os Anjinhos)
. Poal (Dragon Ball)
. Kanin Dragon(Jiraya)
. Ryu Haiakawa (Jiban)
. Jim Carey/Charada (Batman Eternamente)
. Adrien Brody(O Pianista)
. Chris Tucker(A Hora do Rush)

Leda Figueiró
Dubladora: Leda Figueiró
Atriz: Ana Lílian de la Macorra (Paty, 3° Versão)
Programa: Chaves e Box CH.

Dublador:
Potiguara Lopes
Ator
: Ruben Aguirre (Professor Jirafales, 1° Versão)
Programas:
Chaves e Chapolin.  
Outros trabalhos:
. Jebediah Springfield (Os Simpsons - VTI Rio)
. Pontas em Jaspion, Lion Man e Jiban

Dublador:
Silton Cardoso
Ator: Horácio Gómez Bolaños (Godinez) e o Boneco Sinforoso (Chapolin)
Programas: Chaves e Chapolin.


Dublador:
Luiz Carlos Moraes
Ator: Hector Bonilla, Ricardo de Pascual e Seu Madroga
Programas: Chaves.
Outros trabalhos:
. Mime de Benetnasch (Cavaleiros do Zodíaco)
.A terceira voz do Seu Sirigueijo (Bob Esponja)
. Clyde (da Quadrilha de Morte) e Peter Perfeito (Corrida Maluca)
. Dabura (Dragon Ball Z)
. Doutor Maki Gero (Dragon Ball GT)
. Mandrake de (Defensores da Terra)
. Klunk (Máquinas Voadoras, spin-off de Corrida Maluca)
. Dinobot (primeira voz) (Beast Wars)
. Anthony Hopkings (D. Diego de La Vega) (A máscara do Zorro)
. Sean Connery (O nome da Rosa)
. John Cleese (Tá Todo Mundo Louco)
. Chevy Chase (Férias Frustradas em Las Vegas)



Dublador: José Soares
Ator: Ricardo de Pascual (garçom do restaurante) e Raul Padilla (em "A construção versão 2)
Programas: Chaves e Chapolin.

Outros trabalhos:
. Mr. Magoo
. Tatsumi(Os Cavalaleiros do Zodíaco)
. David Huddleston (Vovô Albert Arnold) (Anos Incríveis)
. participações em Pica Pau
. Oliver Hardy(O Gordo e o Magro, dublagem clássica)
. Shemp(Os Três Patetas)



Dubladores do Clube do Chaves:

Cassiano Ricardo

Dublador:
Cassiano Ricardo
Ator
: Roberto Gómez Bolaños (Chaves)
Programas:
Clube do Chaves.
Outros trabalhos:
. Topo Gigio
. Comentarista esportivo na RedeTV!

Mário Lucio de Freitas

Dublador:
Mário Lúcio de Freitas
Ator
: Horácio Gómez Bolaños (Godinez)
Programas:
Clube do Chaves.
Outros trabalhos:
. Criador de Vinhetas para televisão.
. dublou o urso Morgan, no desenho "Bananas de Pijama"

Mário Lúcio é também o criador das BGM's da fase clássica de Chaves e Chapolin.
Visite o site oficial dele: www.marioluciodefreitas.com.br

Dublador: Jorge Alex
Ator
: Raul Chato Padilla (Jaiminho)
Programas:
Clube do Chaves.

Dublador: César Leitão
Ator
: Edgar Vivar (Senhor Barriga)
Programas:
Clube do Chaves.

Outros trabalhos:
. Tio Ted (O Fantástico Mundo de Bobby)
. Vovô Louis Pickles (segunda voz) (Os Anjinhos)
. Patriarca do Planeta Namekusei (Dragon Ball Z)
. Robert Duvall (O Apóstolo)

Dubladores da CNT:
Eleu Salvador
Dublador: Eleu Salvador
Ator
: Raul Chato Padilla (Jaiminho)
Programas:
Chespirito (CNT)

Clique aqui para saber mais sobre esse dublador


Dublador:
Ivo Roberto
Ator
: Edgar Vivar (Senhor Barriga)
Programas:
Chespirito (CNT)

Outros trabalhos:
. B2(Bananas de Pijama)
. Toto(Ah que Kiko !)

Dublador: Sidney Lilla
Ator
: Ruben Aguirre (Professor Girafales)
Programas:
Chespirito (CNT)

Outros trabalhos: . Seu Brancelha (Ah que Kiko!)

Dublador: Sérgio Galvão
Ator
: Roberto Goméz Bolaños (Chaves)
Programas:
Chespirito (CNT)


Dubladores do Desenho / Box CH:
Tatá Guarnieri
Dublador:
Tatá Guanieri

Ator
: Roberto Goméz Bolaños (Chaves)
Programas:
Desenho e Box CH
Outros Trabalhos:

Agente Jack Bauer (24 Horas, primeira voz)
. Capitão Boeing (Duck Tales/segunda dublagem, em SP)
. Michelangelo (Tartarugas Ninja)
. Catatau (Zé Colméia)
. George Jetson(Os Jetsons)
. Afrodite de Peixes (Cavaleiros do Zodíaco - Álamo)
. Siegfried de Doube (Cavaleiros do Zodíaco - Gota Mágica/Álamo)
. Charles Finster(Os anjinhos)
. Squilliam Imaginoso (Bob Esponja)
. Narrador com sotaque francês (Bob Esponja)
. Howie Mendel (o pai do Bobby) (O Fantástico Mundo de Bobby)

Dublador: Gustavo Berriel
Ator
: Nhonho e Raul Padilla* (Jaiminho)
Programas:
Desenho e Box CH

*Só nos Box CH
Outros trabalhos:
. Presidente do Fã-Clube Chespirito-Brasil (Responsável pela organização dos eventos Chavesmania e FBV)
. Comunista russo em "Olga"
. Elenco de apoio em "Cazuza - O Tempo não Pára"
. Elenco de apoio em "Benjamin"
. Elenco de apoio em "Casseta & Planeta - O filme"
. Trabalhou como repórter no programa Belleza Pura, na TV Bandeirantes.

Alexandre Marconatto
Dublador: Alexandre Marconatto
Personagem
: Horácio Goméz Bolaños (Godinez)
Programas:
Desenho e Box CH

Outros trabalhos:
. Diretor de dublagem
. James "Sawyer" Ford(Lost)
. Jack(Will and Grace)
. Godinez(desenho animado do Chaves)
. Armando(Betty, a Feia)
. Tenshinran(Dragon Ball Z)
. Asterion(Cavaleiros do Zodíaco)
. Zellgadis(Slayers)
. Rubens(Sailor Moon R)
. Cuba Gooding Jr.(O Cruzeiro das Loucas)
. Val Kilmer
. Tim Roth

Dublador: Fadhu Costa
Ator
: Edgar Vivar (Senhor Barriga)**
Programas:
Box CH
(1º dublador)

Dublador:
Gilberto Barolli

Ator
: Edgar Vivar (Senhor Barriga)**
Programas:
Box CH (2º dublador)

Outros trabalhos:
. Saga de Gêmeos (Mestre Ares) (Cavaleiros do Zodíaco - Gota Mágica/Álamo)
. Seu Cebola, pai do Cebolinha (Turma da Mônica)
. Henry (no desenho Punky)
. Doutor Benton Quest (Johnny Quest)
. o pai da Minnie Mouse (Mickey contra o gigante)
. Dodoria (Dragon Ball Z)
. Sargento Ibuki (Changeman)
. Dokusai (Jiraya, segunda voz)
. Aigaman (Jaspion)
. Zamurai (Jaspion)
. Gassami (Jaspion)
. Doutor Myuu (Dragon Ball GT)
. Kanon (Cavaleiros do Zodíaco - Gota Mágica/Álamo)
. Dócrates (Cavaleiros do Zodíaco - Gota Mágica/Álamo)
. O pai das crianças, Rick Marshall (O Elo Perdido)

** Menos o Nhonho, que foi dublado por Gustavo Berriel
Marcelo Torreão
Dublador: Marcelo Torreão
Personagem:
Senhor Barriga
Programas:
Desenho

Outros trabalhos:
. Hortelino (Looney Tunes)
. Eric Meyers (Power Rangers)
. Mace Windu (Samuel L. Jackson) - Star Wars : episódios I, II e III.
. Maurice (Madagascar)
 
Sérgio Stern
Dublador:
Sérgio Stern

Personagem
: Quico
Programas:
Desenho

Outros trabalhos:
. Jacó (Rebelde)
. Pepino (Os vegetais)
. Tusk Husk(Krypto, o supercão)
. Sombra (Liga da justiça)
. Shinobu Sensui (Yu Yu Hakusho)
. Lorne (Angel)
. Lorne (Buffy)
. Terry Kinney (OZ)
. Lazl o(O Acapamento do Lazlo)
. Corneil (Corneil e Bernie)
. Jim (Mission Hill)
. Sgt. Walter Harriman (Stargate SG-1)
. Jacque (Procurando Nemo)
. Mike Wazowski (Monstros S.A)
. Scrad/Charlie (MIB - Homens de Preto II)
. Dr. Hamsterviel (Stitch - o filme)
Dublador: Waldir Fiori
Personagem:
Jaiminho
Programas:
Desenho

Outros trabalhos:
. Batman(Batman, o homem morcego)
. Sr. Ignácio Robles(Viva às Crianças!, Carrossel 2)
. Alfred(Michael Gough) em Batman, Batman - O Retorno, Batman Eternamente e Batman e Robin
. Argo Filch (David Bradley) em Harry Potter
. Napoleão e Tio Valdo(Os Aristogatas)
. Biruta(Robin Hood)
. Jack MacGee(O Incrivel Hulk)
. Sr. Epaminondas(A Casa Monstro

domingo, 18 de setembro de 2011

Séries CH no Brasil

Cliquechaves

    Tão logo o SBT entrou no ar, em 1981, seu dono Silvio Santos descobriu uma fórmula bastante interessante: Importar as chamadas novelas enlatadas à preço de banana, comparando com as outras negociações do mundo Televisivo, e render uma boa audiência. Naqueles tempos, o SBT tinha uma programação popularesca, calcada na Globo de meados dos anos 60 (Silvio Santos, Jacinto Figueira Jr e outros). Silvio fechou durante essa época um contrato com a rede Mexicana Televisa, que monopolizava a programação no México e estaria disposta a abrir caminhos em países que não falavam o Espanhol. A primeira novela à ser exibida no Brasil foi a "água com açúcar" Os Ricos Também Choram, protagonizada por Verônica Castro e produzida em 1979. Ao que consta, nesse pacotão de dramalhões vieram lotes de dois seriados, que conforme foi revelado por Arlindo Silva no livro "A Fantástica História de Silvio Santos", passaram quase desapercebidos e foram descartados pelo alto escalão do SBT, chefiado pelo Diretor de Televisão Luciano Callegari (Hoje na Record). Ao que parece também, lembrem-se que estamos falando de informações hipóteticas, com fontes confiáveis porém não definitivas, Silvio Santos teria mandado dublar ainda naquele ano uns 15 episódio das duas séries, pra ver se agradava. Esta informação foi confirmada por Nelson Machado, em entrevista ao site Mundo Chespirito, quando este revelou que as séries foram em sua maioria dubladas na primeira metade dos anos 80. Porém, as séries só estreariam em 1984, quando a linha infantil da emissora foi revitalizada com a reformulação do "Infantil Trash" Bozo, que trocou de apresentador (O ex Palhaço Pipoca foi substituído por Luiz Ricardo e Arlindo Barreto). Ao que parece, a ordem para a exibição dos seriados teria sido dada pelo próprio Silvio Santos.
Chaves
Estréia Discreta
    Há controvérsias sobre a estréia de Chaves e Chapolin no SBT. Ao que consta, foi no Programa do Bozo, em Agosto de 1984 ao Meio-Dia. No entanto, a informação oficial do SBT dá conta que a estréia ocorreu no dia 24 de Agosto de 84 no não menos folclórico programa TV Pown. Seja o que for, os estudiosos Leandro Morena e Cacá Vitta garantem que o primeiro episódio foi "Caçando Lagartixas", dublado naquele teste que Silvio mandou fazer e eu já citei anteriormente. Um dado interessante é que, não se sabe muito bem porque, talvez por uma questão de economia (O SBT naquela época vivia em uma pindaíba desgraçada, daí a razão do contrato com a Televisa que garantiria várias horas de programação por um preço bem em conta) os episódios dublados em teste anos antes não foram redublados. Segue à seguir a lista de episódios do lote de episódios do Chaves de 1984 (Os do Chapolin serão citados posteriormente):
1 - Caçando lagartixas
2 - Seu Madruga sapateiro parte 1 1ª versão (sem a Chiquinha)
3 - Chompiras: assaltam o bar / Chaves: Seu Madruga é leiteiro
4 - Os refrescos do Chaves 1ª versão (sem a Chiquinha)
5 - O ano novo na casa do Seu Madruga
6 - Chompiras: Os ladrões querem abrir a janela / Chaves: Seu Madruga é carpinteiro 2ª versão (sem a Chiquinha)
7 - O álbum de fotografias 1ª versão (sem a Chiquinha)
8 - O Kiko doente 1ª versão (sem a Chiquinha)
9 - Perderam o dia de aula
10 - A máquina de lavar 2ª versão
11 - A falta de água na vila 2ª versão
12 - Seu Madruga é fotografo parte 1
13 - Chaves vai pedir emprego no restaurante
14 - Aula de aritmética e geometria
15 - Chiquinha conta história de fantasmas
16 - Aula de recuperação
17 - O ano novo 2ª versão
18 - O kiko doente 2ª versão
19 - Seu Madruga é barbeiro
20 - A briga de quem é o varal
21 - A catapora
22 - Os insetos do Chaves 1ª versão (com o Kiko)
23 - O frango de Dona Clotilde
24 - Tocando violão
25 - A nova vizinha 2ª versão
26 - A insônia do Seu Madruga 1ª versão (sem a Chiquinha)
27 - Seu Madruga apaixonado
28 - Limpe o chão do pátio
29 - Querem dar banho no Chaves 3ª versão (sem o Kiko e o Seu Madruga)
30 - O gol de Dona Florinda
31 - Cyrano e os mosqueteiros / Chaves: Ama teu inimigo 1ª versão (sem a Chiquinha)
32 - O dia internacional da mulher
33 - Brincando de atropelamento
34 - Com spray de barbas fazem tortinhas de merengue 1ª versão (com o Kiko)
35 - O tecido
36 - O choque
37 - Os refrescos do Chaves parte 1 2ª versão (com a Chiquinha)
38 - É proibido animais 2ª versão (com a Chiquinha)
39 - Chiquinha volta de viagem 2ª versão
40 - Ajudem a cruz vermelha 1ª versão (sem a Chiquinha)
41 - Seu Madruga pinta os móveis parte 2 2ª versão
42 - Ajudar a cruz vermelha 2ª versão ( com a Dona Neves)
43 - Regando plantas
44 - As bombinhas
45 - Querem dar banho no Chaves 1ª versão (com o kiko e o Seu Madruga)
46 - Os ratos no restaurante parte 1
47 - Os ratos no restaurante parte 2
48 - Querem dar leite para os gatos que nasceram parte 3
49 - O bolo para o Professor
50 - O parque de diversões
51 - O sonho do Chaves e Chiquinha
52 - O calo
53 - A máquina de lavar 1ª versão (com o Kiko e o Seu Madruga)
54 - Somos cafonas sim 2ª versão (com a Chiquinha)
55 - O desjejum do Chaves parte 2
56 - A festa da boa vizinhança parte 3
57 - Amarelinhas e balões
58 - Martelando os dedos
59 - As crianças entram na casa da bruxa
60 - O aniversário do Seu Madruga
61 - A fonte dos desejos
62 - O carro do Seu Barriga quebrou
63 - Chaves vende jornais
64 - A loucura do Chaves
65 - A calça do tio Jacinto
66 - A estréia de Dona Neves e Jaiminho
67 - Dona Neves faz grave no restaurante
68 - O bilhete de loteria
69 - Os algodões doces
70 - Seu Madruga ensinando o Chaves a lutar boxe
71 - Bilhetes trocados
72 - Dona Clotilde convida Chiquinha para almoçar
73 - O Kiko preso na caixa
74 - As panquecas da Dona Clotilde
75 - Os churros de Dona Florinda parte 3
76 - Os chifrinhos de nozes
77 - O fantasma do Seu Barriga
78 - Os doláres
79 - Seu Madruga é fotografo parte 2
80 - A chirimóia
No natal:
81. A vizinhança vai para a casa do Seu Barriga parte 1
82. A vizinhança vai para a casa do Seu Barriga parte 2
83. O natal parte 3
84. A vizinhança de volta a vila parte 4
    Em 1985 houve diversas mudanças nos rumos das séries no Brasil. Uma delas, aconteceu ainda em 1984, quando os episódios "Ajudando a Cruz Vermelha 1ª Versão", "A Chirimóia 1ª Versão", "Os Refrescos do Chaves 1ª Versão Parte 1", "O Ano Novo na casa do Seu Madruga",  e "Os Refrescos do Chaves 1ª Versão" deixaram de ser exibidos logo após sua 1ª exibição, ou seja, ainda em 1984. Em 1985 saíram do ar a abertura e encerramento originais e 3 episódios do Chapolin: "O Louco da Cabana", "O Mendigo da Praça" e mais um episódio, sobre o qual não há muitos registros. Uma grande dúvida que os fãs tem em relação a exibição das séries no Brasil, é o porquê de tantos episódios terem sido exibidos apenas uma vez em 1984. Vale lembrar, que nos baseamos em dados fornecidos por Leandro Morena, e esta quantidade de episódios exibidos apenas uma vez em 84 é apenas a qual ele tem algum registro, podem haver muitos mais. Mais um pacotão de episódios foi-se embora em 86, reduzindo bastante a quantidade de episódios do Chaves: "O Curto Circuito", "A Casimira de Taubaté", "O Bilhete de Loteria", "Dona Neves faz manifestação no Restaurante", "Jaiminho e Dona Neves chegam à vila", "Seu Madruga pinta a cadeira Parte 2", "Os Refrescos do Chaves 2ª Versão parte 1", "Tortinhas de Merengue", "Os Ladrões/Seu Madruga é Carpinteiro", "Chaves pede emprego no Restaurante", "Garçon Chespirito/O Homem Invisível" e "Cleópatra", os dois últimos do Chapolin.
Talho

Lista de Episódios do Chaves levou um talho em 86.
    É interessante ressaltar que a maioria desses episódios que saíram do ar em 86, voltaram ao ar posteriormente, e é mais curioso ainda lembrar que muitos voltaram em 92, ano de outro acontecimento que contaremos mais pra frente. Consta que 1987 foi o ano em que entrou no ar a 1ª abertura Nacional de Chaves e Chapolin, que ficaram no ar até meados de 93. 1987 foi também o ano em que as TVS do Rio e de São Paulo passaram a se chamar oficialmente SBT, que antes era apenas o nome de registro. A emissora de Silvio Santos deixava de ser apenas um punhado de emissoras independentes pra se tornar uma rede, e 87 foi provavelmente o ano em que todo o Brasil passou a assistir Chaves e Chapolin. Consta ainda, que foi o ano em que Chapolin e Chaves deixaram de ser exibidos alternadamente no programa do Bozo para ganhar horário próprio: Chapolin ao 12:00 e Chaves 12:30. No entra e sai de episódios destaca-se o bizarrísimo "Seu Madruga Sapateiro 1ª Versão Parte 1", provavelmente o primeiro Episódio das Séries a ser dublado, conforme me revelou o próprio Leandro Morena à alguns anos atrás. Este ano também não passou o especial de Natal na casa do Seu Barriga, o que abre uma brecha pra provável exibição da 1ª versão do Episódio de Natal, que nada mais é do que a 1ª parte do episódio de ano novo na casa da Dona Florinda.
Cena de "O belo adormecido"
Em 1988 muitos episódios da 1ª temporada.
    Como o número de episódios estava bastante reduzido, ainda mais levando em conta que Chaves agora era diário, em 88 o SBT resolveu comprar junto a Televisa mais um lote de episódios do Chaves e de alguns outros quadros feitos por Chespirito no começo de sua carreira. Sobre o que aconteceu nessa época, o que não faltam são controvérsias. Talvez estes episódios já estivessem no poder do SBT desde 1981, 82, quando foram dublados os primeiros capítulos bem antes de irem ao ar. O SBT apenas pagou para a Televisa os direitos de exibição destes, fazendo com que eles pudessem ser anunciados como "Novos Episódios". Veja abaixo a lista de episódios do Lote de 88:
1 - O homem que vende roupa velha parte 1 (primeira versão sem a Chiquinha) - 07 de março de 1988
2 - O homem que vende roupa velha parte 2 (primeira versão sem a Chiquinha) - 09 de março de 1988
3 - Os mistérios dos pratos que desaparecem parte 1 - 11 de março de 1988
4 - Os mistérios dos pratos que desaparecem parte 2 - 14 de março de 1988
5 - Os ladrões assaltam a casa da velha / Jogando beisebol - 16 de março de 1988
6 - O mendigo da praça / O homem da roupa velha / O dinheiro perdido - 18 de março de 1988
7 - A falta de água na vila (primeira versão sem a Chiquinha) - 21 de março de 1988
8 - Favores a Seu Madruga / Seu Madruga apaixonado - 23 de março de 1988
9 - Dr Chapatin e o homem com indigestão / A nova vizinha - 25 de março de 1988
10 - Chespirito é mordomo / Seu Madruga pintor (primeira versão) - 28 de março de 1988
11 - Os ladrões e a vovó policial / Barquinho de papel (primeira versão) - 30 de março de 1988
12 - O disco voador do Kiko (primeira versão sem a Chiquinha) - 1 de abril de 1988
13 - A viagem para Acapulco parte 1 - 4 de abril de 1988
14 - O aniversário do Kiko - 6 de abril de 1988
15 - O gato atropelado parte - 8 de abril de 1988
16 - O tribunal parte 2 - 11 de abril de 1988
17 - Dia da independência (primeira versão sem a Chiquinha) - 13 de abril de 1988
18 - O sobrinho da Bruxa do 71(primeira versão sem a Chiquinha) - 15 de abril de 1988
19 - O ratinho do Kiko - 18 de abril de 1988
20 - Caçando churruminos - 20 de abril de 1988
21 - O belo adormecido - 22 de abril de 1988
22 - O cofrinho - 25 de abril de 1988
23 - Todos chorando na vila - 27 de abril de 1988
24 - O rádio do Kiko - 29 de abril de 1988
25 - Seu Madruga volta a estudar parte 1 - 2 de maio de 1988
26 - Seu Madruga volta a estudar parte 2 - 4 de maio de 1988
27 - Chaves e Kiko lavam o carro do Sr.Barriga (primeira versão sem a Chiquinha) - 6 de maio de 1988
28 - Não sujar a roupa do Kiko (primeira versão) / O marinheiro enjoado - 9 de maio de 1988
29 - Os balões levam o Chaves / Don Quixote / Precisa de emprego - 11 de maio de 1988
30 - Os ladrões roubam o carrinho de sorvete / O bolo da Dona Clotilde - 13 de maio de 1988
31 - A festinha na vila - 16 de maio de 1988
32 - O primo do Seu Madruga - 18 de maio de 1988
33 - O chiclete grudou no chapéu - 20 de maio de 1988
34 - O homem que vende roupa velha parte 3 (primeira versão sem a Chiquinha) - 23 de maio de 1988
35 - Os toreadores (primeira versão) - 25 de maio de 1988
36- Os ladrões assaltam o homem / As crianças brincam de orquestra - 27 de maio de 1988
37 - A pichorra - 30 de maio de 1988
38 - Os recados trocados(primeira versão sem a Chiquinha) - 1 de junho de 1988
39 - Isto merece um prêmio - 3 de junho de 1988
40 - As gravatas do Seu Madruga - 6 de junho de 1988
41 - Não deixam o Professor falar na aula - 8 de junho de 1988
Chaves
    Tais episódios foram exibidos em horário nobre (20:00), o que já vinha acontecendo desde 87. Com o lote de 88, os episódios do pacote 84 ficaram no horário normal do Chaves e os de 88 foram exibidos em horário nobre. A partir do dia 10 de Junho, o lote começou a ser reexibido, no entanto muitos episódios não foram reprisados e nunca mais voltaram. Chaves passava as Segundas, Quartas e Sextas, e revezava com o famoso seriado Americano "Batman". Consta que o pacote de 88 foi um ápice da série, chegando a tomar preciosos pontos do Jornal Nacional e fazendo com que o SBT tentasse trazer o elenco das séries para uma turnê no Brasil, fato que acabou não se consumando. No entanto, no mesmo ano, os atores Chespirito, Florinda Meza, Angelines Fernandez, Raul "Chato" Padilla, Ruben Aguirre, Maria Antonieta de las Nieves e Edgar Vívar concederam uma entrevista exclusiva ao apresentador Gugu Liberato, que foi exibida em seu programa "Viva a Noite". No final de 88, o lote daquele ano passou a ser exibido diariamente as 20:00, já que Batman estava dando baixa audiência e saiu do ar, só reaparecendo anos depois na emissora CNT, curiosamente na mesma época em que ela comprou a série "Chespirito". Em 1988, saíram do ar os seguintes episódios (Além dos que foram exibidos apenas uma vez no horário das 20:00, como por exemplo o da Festinha da Vila. Não há dados precisos sobre quantos episódios do pacote 88 foram exibidos apenas uma vez): "Caçando Lagartixas", "Seu Madruga Leiteiro", "O Desjejum do Chaves parte 2 (A parte do Ping Pong)". Também voltaram ao ar vários episódios que deixaram de ser exibidos em 86 e 87: "A Casimira de Taubaté", "Dona Neves faz manifestação no Restaurante", "Os Refrescos do Chaves 2a Versão Parte 1", "Tortinhas de Merengue", "Seu Madruga Sapateiro 1ª Versão Parte 1" (Que foi exibido apenas uma vez, e saiu no mesmo ano), "Chaves vai pedir emprego no Restaurante", "Garçon Chespirito/O Homem Invisível" e "Cleópatra", os dois últimos são do Chapolin. Em 1989, Chaves deixou o horário nobre, passando a ser exibido diariamente ao 12:30, com Chapolin ao 12:00. Além disso, o episódio "Falta D'Água 1ª Versão" saiu do ar, assim como "O Bilhete de Loteria" (Que havia sido exibido uma vez em 88, antes de estrear o lote de novos episódios e outra no final do ano), "Dona Neves faz manifestação no Restaurante", "Tortinhas de Merengue" e "Chaves vai pedir emprego no Restaurante". Voltou ao ar um episódio: "Dona Neves e Jaiminho chegam à vila". Consta que em 1989 também foram redublados alguns episódios, como "Querem dar banho no Chaves".
chapolin
Chapolin sai do esquecimento
    Até 1990 todos falavam do Chaves, e o Chapolin era um mero coadjuvante. Além disso, a série do vermelhinho tinha os mesmos episódios desde 1984. Eram estes:
1 - O cleptomaníaco
2 - O anel Mágico
3 - Dr.Chapatin e os contrabandistas / As pulgas atacam Chapolin
4 - O anel de brilhantes
5 - O pirata Alma Negra
6 - O bandido Racha Cuca
7 - Cleópatra
8 - Chespirito é garçon / O homem invisível
9 - O robô
10- Soldado Chespirito / Para tirar água do poço tem que pagar
11- A casa caindo de velha
12- A picada da cobra
13- O mendigo da praça (episódio que deixou de ser exibido desde 1985)
14- O planeta Vênus (primeira versão)
15- Dr. Chapatin com o mendigo / A luta de Chapolin contra Simpato Hiamazaki
16- Dr. Chapatin no casamento / O pistoleiro da marreta biônica
17- O louco fugitivo
18- O aerolito
19- O louco da cabana (episódio que deixou de ser exibido desde 1985)
20- As pirâmides do Egito
21- A peruca de Sansão
22- O museu que vai exibir a múmia
23- O bandido Quase Nada
24- A casa mau assombrada (primeira versão)
25- Leonardo da Vinci
26- Dr. Chapatin quer ver o jogo / Chamam o Chapolin para ajudar a construir a casa (segunda versão com Raul Padilla)
    Logo, o pacote de 1990 se dedicava a aumentar o acervo do Chapolin e repor alguns episódios do Chaves que estavam em mal estado de conservação (Daí a tese de que a maioria dos episódios que saíram do ar neste ano dificilmente serão reexibidos um dia). O pacote de 1990 também ganhou horário especial: aos Domingos, ao meio dia. Enquanto isso, os episódios de 84 (Os que sobraram) e de 88, eram exibidos de Segunda à Sábado em 3 horários: 12:30, 18:00 (Foi quando começou a tradição de Chaves as 18:00) e 20:30 (De volta ao horário nobre). Vale ressaltar que o lote de 90, que entrou no ar em Março daquele ano, ficou no ar somente até o fim da exibição dos episódios inéditos (Com exceção dos episódios que vieram do Chapolin). No entanto, do lote 90 poucos episódios são perdidos hoje em dia, a maioria voltou em 1992. Ao que parece, o lote de 90 é o que tem os "títulos" narrados por Marcelo Gastaldi, como "Os Farofeiros 2ª Parte", que foi exibido em Janeiro de 91, em um Domingo ao meio dia. Inclusive essa programação de Domingo do SBT, antes do Programa Silvio Santos era dedicada aos contratos com a Televisa e com a Disney, pois também estrearam nessa época os novos episódios de "Ursinho Puff"e "Ducktales: Os caçadores de aventura". Nessa aconteceram vários fatos interessantes: Um é que durante uma enchente nos extintos estúdios da Vila Guilherme, incapazes de gerar o TJ Brasil (Apresentado à época pelo competente jornalista Boris Casoy, hoje na Record), o SBT exibiu um episódio do Chaves que nunca havia sido exibido e nunca voltaria a passar depois disso: O Revolvinho do Chaves. Nesse episódio, que aparentava lamentáveis condições de imagem e som, além de não ter final, Chaves e Quico brincavam com revólveres de brinquedo, desses que soltam água. Em 90 dois episódios saíram do ar, e hoje são considerados raros, além dos do próprio lote de 90: "O homem invisível 1ª Versão" (Que voltaria ao ar no final da década de 90, sendo exibido pouquíssimas vezes. Esse eu assisti, passou num Sábado as 13:30) "A troca de recados 1a Versão", que foi exibido à pouco tempo no SBT, e que aos poucos vem deixando de ser raro, desde que voltou ao ar, por volta de 2000. O episódio "Jaiminho e Dona Neves chegam à vila" também saiu do ar, só voltando em 1992. Voltaram à tona também dois programas que estavam na geladeira: "O Bilhete de Loteria" e "Chaves vai pedir emprego no Restaurante". Em 1991, foram mantidos os mesmos horários de 90, mesmo com poucos episódios para serem exibidos. Mais algumas redublagens devem ter sido feitas neste ano, e não se faz a menor idéia do que aconteceu com o Lote de 1990 durante esse ano de geladeira. No entra e sai de episódios, saiu do ar mais uma vez "Chaves vai pedir emprego no Restaurante". Essa época deve ter sido muito boa pro pessoal que prefere o Chapolin, pois ele esteve em evidência. Um fato a ser lembrado, é que em 1991 a Editora Globo passou a publicar diversas HQ's, Álbuns de Figurinhas e Revistas de Atividades do Chaves e do Chapolin. Também surgiram no Brasil diversos episódios com a "Marca CH". Este período também foi marcado pela exibição do seriado "Kiko" na Bandeirantes, protagonizado por Carlos Villagrán em sua fase "Pós Chaves".
Cena do episódio "Ser pequeno tem suas vantagens"
1992, o ano da pergunta que não quer calar.
    O ano de 1992 foi um ano a ser estudado pelos entendidos de Chaves e Chapolin. Saíram do ar neste ano nada menos que 51 episódios que nunca mais seriam exibidos, todos eles dos pacotes 84 e 88. Os episódios que haviam saído do ar no começo de 1991 também voltaram a ser exibidos. Nessa época também saiu do ar o episódio "Somos Cafonas Sim", único dos perdidos neste ano a reaparecer anos mais tarde. Nessa época, episódios que estavam fora do ar desde 1984 voltaram a tona, 8 anos depois. Não sabemos bem o porquê do SBT ter feito esse entra e sai danado nas séries, uma verdadeira bagunça. Mais detalhes sobre essa balbúrdia na seção "Episódios Perdidos".
1993-1996, período de entressafra
    Esses anos foram dolorosos pros Chavesmaníacos. De novidade, apenas as novas aberturas das séries, feitas em computador por volta de 93/94. Em 1995, repentinamente, estreou o episódio "O dia dos namorados". Há a possibilidade de um misterioso pacote de 94, que tenha sido dublado e que pouquíssimos episódios desse pacote teriam ido ao ar, um deles foi o do Dia dos Namorados. Em 1993 voltou ao ar, após 9 anos, o episódio do Ano Novo na casa do Seu Madruga.
Ufa, essa passou raspando !
    Em 1997 a pequena CNT, considerada por muitos como a menor rede de televisão do País, firmou um milionário contrato com a Televisa. A CNT exibiria 5 novelas da Televisa (Muitas delas Ex SBT) por dia, no horário noturno, além do seriado "Chespirito", protagonizado pela Trupe CH após 1979. Foi a época em que mais perigou a saída de Chaves e Chapolin do SBT, Chapolin ficou muito tempo fora do ar e Chaves só era exibido aos Sábados a tarde. No entanto, em 98, o contrato da CNT com a Televisa foi desfeito, Chespirito saiu do ar, e Chaves e Chapolin passaram a reinar absolutos no SBT.
Uma nova esperança.
    Ainda em 1997, entravam no ar os primeiros Sites CH da Internet Brasileira. Em 1998 entra no ar o "Lá Vem o Chaves", site pioneiro que durou até 2000. Ainda em 2000, surge a interatividade nos sites CH, e os Chavesmaníacos de todo o Brasil começam a se perguntar sobre o destino de episódios que não eram exibidos a muitos anos... Era o começo de uma era, o começo de uma resistência. O SBT também anuncia a compra de novos episódios das séries, que exibiria sob título de "Clube do Chaves" em 2001. A estréia demorou mas acabou acontecendo em Junho de 2001. Antes disso, no final de 2000, Chapolin sai mais uma vez do ar, e surge o "Movimento Volta Chapolin". O Clube do Chaves sai do ar no começo de 2002, e seus episódios não são mais exibidos.
sonia abrao

2003 - Melhor Impossível?
    Sônia Abrão e seu programa na época "Falando Francamente", após inúmeros e-mails, cartas e etc, Sônia resolve investigar o caso dos episódios "perdidos" e traz, através de resumos, alguns episódios até inéditos de Chaves, aberturas feitas pela Maga e muita coisa rara. Chaves fica agosto fora do ar e volta em setembro, trazendo com ele Chapolin também. Nessa volta, 8 episódios que eram até então perdidos, voltam a passar. Ainda em setembro, Edgar Vivar (Senhor Barriga) vem ao Brasil e vai ao programa da Sônia e lhe concede uma entrevista.
    Mas a felicidade dura pouco.... depois de 3 semanas no ar, o SBT resolve tirar novamente Chapolin da programação, ficando apenas o Chaves, sem passar nenhum outro perdido e ainda editado grotescamente.
chapolin

A "palhaçada" da renovação do contrato e 2 anos sem Chapolin
    2005 está sendo um ano cheio de surpresas e de automóveis, começa em maio, uma novela que deixou muito chavesmaníaco de cabelo em pé! O SBT anunciou que não estaria disposto a renovar o contrato para manter Chaves. Todas as outras emissoras se manifestaram, até a "toda poderosa" Rede Globo, fez uma oferta tentadora para levar a turma da vila pro Projac! Mas felizmente, ou infelizmente, o SBT voltou atrás de sua decisão e decidiu então renovar o contrato. Mas desde essa renovação não tivemos mais nenhuma novidade, Chapolin continua fora do ar e Chaves sem perdidos, ainda pior, reprisando muito alguns episódios e outros quase não passando.
    Em setembro de 2005, é comemorado o "aniversário" de 2 anos sem termos Chapolin na TV brasileira. Enquanto Chaves, após suas indas e vindas em 2004 e 2005, parece que se acomodou no horário das 18h, tendo o SBT tirado ele, mas em pouco tempo colocando-o de volta.
    Em 2006, o SBT exibiu Chaves para todo o país até o dia primeiro de março e depois só exibiu a série às 12h45 para a cidade de São Paulo e mais algumas cidades próximas à capital paulista, nesse horário o Chaves conseguiu diversas vezes a liderança do Ibope contra o Globo Esporte.
Pouco tempo após seu "aniversário" de geladeira, Chapolin volta às 12h45, com episódios inéditos e perdidos. Mais tarde mudaria para às 13h45, abrangendo mais localidades.
2007 - Um ano razoável...
Logo no primeiro dia do ano, estréia a série animada de Chaves, com grande repercussão na mídia e uma audiência satisfatória. Com apenas 13 episódios, o SBT colocou o desenho diariamente no horário das 18h. Após algumas reprises, o desenho foi parar no horário das 13h15, aonde perdurou até Junho, sendo reprisado exaustivamente. Esses mesmos episódios continuam indo ao ar às 10h40 no domingo. A segunda parte da primeira temporada, composta por mais 13 episódios, parece não ter data para estrear e o SBT parece ter perdido o interesse.
Recapitulando, no começo de 2007 então tinhamos Chaves em 4 horários diários(5h40,12h45,14h15 e 18h30) fora o horário dos sábados às 15h15 dentro do Sessão Premiada, além do Desenho do Chaves às 18h e Chapolin às 13h45 de sábado.
Após perder a vice-liderança no Ibope na Grande São Paulo, o SBT resolve fazer a "Arrancada da Vitória" e parece que uma das intenções dessa grade foi tirar o Chaves que pudesse ser visto nacionalmente. O primeiro a rodar foi o horário das 18h, Chaves em Desenho e Chaves série saíram, dando lugar à estréia da novela mexicana "Destilando Amor". Essa novela foi um dos maiores fiascos da história do SBT, chegando a marcar 1 ponto de audiência, então depois de um tempo resolveram voltar o Chaves pra 18h30, mas não deu certo, precedido de duas novelas com baixíssima audiência, Chaves não conseguiu ir bem e logo saiu novamente desse horário.
Pouco tempo depois, o SBT nos prega mais uma peça, substitui Chapolin aos sábados pela saturada série que vai ao ar de segunda à sexta "Eu, a patroa e as crianças". Se acha que parou por ai está enganado, pois o SBT ainda tirou o Chaves do sábado e o das 14h15, deixando apenas o das 12h45 (só para São Paulo) e 5h40 (só para algumas localidades). O desenho logo foi para as 13h15, só para repetir ainda mais os mesmos episódios e sair do ar assim que tivemos a notícia de que a segunda parte da primeira temporada já estava toda dublada.
Felizmente, em agosto de 2007 a Record colocou Pica-Pau às12h35, então o SBT resolveu mudar o Chaves para às 14h15, sendo assim exibido nacionalmente. O horário das 18h/19h é um verdadeiro vai-e-vem, depois de terem saturado ao máximo o excelente humorístico "Escolinha do Golias", o SBT, que parecia já ter largado mão de usar o Chaves como coringa, nos surpreende e volta com Chaves às 19h, para alavancar a novela infantil argentina "Chiquititas".


2008 e 2009 - Mais dois anos razoáveis!
Durante esses dois anos, CH continuou sofrendo com a instabilidade de horários no SBT, principalmente o Chapolin, que voltou ao ar em Junho de 2008 e depois em 2009 acabou saindo novamente do ar. Apesar disso, estrearam vários episódios inéditos de Chapolin no SBT. O Desenho continuou sendo exibido, com a exibição das novas temporadas, 2ª e 3ª.

2010 - Se 2003 era o melhor ano CH dos útlimos tempos, 2010 foi o que então?
2010 foi um ano que trouxe muitas boas para nós, fãs CH, a começar pelo 2º FBV e a vinda dos atores Carlos Villagran e Edgar Vivar para o Brasil, participando não só do evento mas também do Programa do Ratinho. Além disso, tivemos a estréia do canal TLN, um canal da Televisa, que entre novelas e produções da emissora mexicana, exibe CH, com direito a episódios inéditos e perdidos! Infelizmente esse canal ainda é restrito a poucas operadoras, mas há planos de expansão, felizmente! Não fosse somente isso, o famoso canal a cabo de animações Cartoon Network começou a transmitir também Chaves, Chapolin e o Desenho! Embora transmitam alguns episódios inéditos e perdidos, não exibem o programa Chespirito e o número de episódios é menor do que os da TLN, mas mesmo assim é uma ótima notícia, pois transmitem CH de manhã e no horário nobre de segunda a sexta, também exibindo nas manhãs de sábado e de domingo. Podemos dizer assim que 2010 foi o melhor ano CH nos anos 2000, deixando 2003 na segunda colocação.

2011 - Sem muitas novidades...
Até o momento, 2011 não traz muitas novidades aos Chavesmaníacos, com Chapolin e Chaves consolidados no horário de almoço do SBT e as transmissões da TLN e do Cartoon Network podemos dizer que estamos bem servidos quanto à exibição das obras de Chespirito. Um fato positivo foi a vinda do "Show do Chaves" à São Paulo e ao Rio de Janeiro. Estamos na espera da estreia da 4ª temporada do desenho no Brasil, o que ainda não aconteceu, mas esperamos que em breve deva pintar nas telas do Cartoon Network.

domingo, 28 de agosto de 2011

Chaves em desenho!!!!

O desenho do Chaves, sem dúvida, foi umas das novidades mais esperadas pelos fãs.

Na sua primeira temporada vimos "remakes" , ou seja, episódios com o mesmo roteiro de episódios já conhecidos da série, mas a segunda temporada já possui algumas aventuras inéditas com novos lugares e personagens.
O fato triste é a ausência de Chiquinha, pelo fato da atriz Maria Antonieta de las Nieves, que interpretava a personagem, ter brigado judicialmente com Roberto Goméz Bolaños, o Chespirito, pelos direitos autorais desta.
Guia de episódios de CHAVES em desenho animado

Episódios da temporada de 2006, exibidos incialmente em 2007 no Brasil

PRIMEIRO LOTE - JANEIRO/2007, dublado no final de 2006 na Herbert Richers(RJ) e Álamo(SP).

* exibições diárias, na faixa noturna (18:00) da programação do SBT.

1. Os balões - primeira exibição no SBT: 01/01/2007
2. Insônia - primeira exibição no SBT: 02/01/2007
3. Uma mosca no café - primeira exibição no SBT: 03/01/2007
4. Cachorrinho Satanás - primeira exibição no SBT: 04/01/2007
5. Os gesseiros - primeira exibição no SBT: 05/01/2007
6. Falta de água - primeira exibição no SBT: 08/01/2007
7. O jogo de beisebol - primeira exibição no SBT: 09/01/2007
8. Barraca de churros - primeira exibição no SBT: 10/01/2007
9. No ritmo da valsa - primeira exibição no SBT: 11/01/2007
10. Lava-rápido do Chaves - primeira exibição no SBT: 12/01/2007
11. Futebol americano - primeira exibição no SBT: 15/01/2007
12. O ladrão da vizinhança - primeira exibição no SBT: 16/01/2007
13. A mascote do Quico - primeira exibição no SBT: 17/01/2007


Imagem do episódio "Futebol Americano"

SEGUNDO LOTE - OUTUBRO/2007, dublado no primeiro semestre de 2007 na Herbert Richers(RJ) e Álamo(SP).

* exibições aos domingos, às 11:00, dentro do programa "Domingo Animado" do SBT.

14. Fotos boas, mais ou menos e ruins - primeira exibição no SBT: 07/10/2007
15. O Amor Chegou à Vizinhança - primeira exibição no SBT: 14/10/2007
16. Uma Brincadeira de Mau Gosto - primeira exibição no SBT: 21/10/2007
17. A casa da bruxa - primeira exibição no SBT: 28/10/2007
18. Como treinar um novo campeão - primeira exibição no SBT: 04/11/2007
19. Quanto mais quente, pior - primeira exibição no SBT: 11/11/2007
20. Os bombeiros - primeira exibição no SBT: 18/11/2007
21. Abre a torneira - primeira exibição no SBT: 25/11/2007
22. Pintando a vila - primeira exibição no SBT: 02/12/2007
23. O desjejum do Chaves - primeira exibição no SBT: 01/01/2008
24. A casinha do Chaves - primeira exibição no SBT : 09/01/2008
25. Sonâmbulos - primeira exibição no SBT : 10/01/2008
26. Vamos todos à Acapulco - primeira exibição no SBT : 11/01/2008

Imagem do episódio "Fotos boas, mais ou menos e ruins"


2ª Temporada
1. O grande prêmio da vizinhança
2. O justiceiro mascarado
3. As histórias de terror
4. Como sobem os alimentos
5. O dinheiro perdido
6. Vamos cuidar da água
7. Seu Madruga apaixonado
8. Amando os inimigos
9. Os presentes de natal
10. O homem invisível
11. Os refrescos do Chaves
12. O leiteiro
13. Vizinhança em guerra
14. Procura-se
15. Chaves, o cantor
16. Olha o pneu, Sr. Barriga
17. Invasão extraterrestre
18. O acampamento
19. Os dentes de leite
20. A namorada do Chaves
21. Um bebê na vila
22. Vamos ao circo
23. As olimpíadas
24. Brinquedos de papel
25. Os piratas
26. O verdadeiro espírito de natal I

3ª Temporada
1. Tudo por um bolo
2. Visita ao zoológico
3. A partida de futebol
4. Como num filme
5. Chaves e o lobo
6. No velho oeste
7. Cuidado com as rãs
8. Teatro na vila
9. As mosqueteiras e o Chaves
10. Um dia de sorte
11. O parque de diversões
12. O valor da amizade
13. A noite dos espantos
14. Caído do céu
15. O festival do meio ambiente
16. Um dia na televisão
17. Um bom recado
18. O entregador de pizzas
19. O ataque dos insetos
20. Pintando o sete
21. Visita ao museu
22. Não se vá, Nhonho
23. Inverno na vila
24. A casinha da árvore
25. A máquina do tempo I
26. A máquina do tempo 2